HistóriaVinhosEquipaTerroir
História
História
História
Vinhos
Vinhos
Vinhos
Equipa
Equipa
Equipa
Terroir
Terroir
Terroir
As nossas vinhas
O filme da Quinta do Noval

Inscreva-se na Newsletter da AXA Millésimes

Fechar Ficha PDF

Nacional Vintage Port

2019
  • 2019
  • 2017
  • 2016
  • 2011
  • 2004
    • Uma pequena parcela com videiras de pé franco, no coração da vinha da Quinta do Noval, intocada pela filoxera. A palavra "Nacional" refere-se ao facto destas videiras serem videiras Portuguesas crescendo em solo Português, sem porta-enxerto Americano, e por isso directamente "enraizadas no solo da nação". Este grande vinho é um motivo de orgulho para todos os Portugueses e, quando no seu melhor, é a mais alta expressão do extraordinário terroir da Quinta do Noval.
      O Vintage Nacional é um fenómeno único e extraordinário. Não segue necessariamente o mesmo ritmo do resto da Quinta do Noval. Há anos em que um grande Nacional é produzido sem que a Noval declare o Quinta do Noval Vintage. Outros anos há em que a Quinta do Noval declara um grande Vintage mas não declara o Nacional. E depois há anos, em que tanto a vinha do Nacional como as restantes vinhas da Quinta produzem Portos Vintage extraordinários mas totalmente distintos.

    • Características da vindima

      2019 foi marcado por um inverno ameno e por condições geralmente secas, quase sem chuva de maio até final de agosto. Enquanto em muitas partes da Europa os produtores enfrentaram vagas de calor, e apesar de termos tido condições soalheiras, as temperaturas de verão no Douro foram, felizmente, mais baixas do que o habitual este ano, tornando a ausência de chuva mais fácil de suportar para as videiras. Além disso, a baixa humidade levou a uma baixa pressão de doenças nas vinha e deu origem a belas uvas saudáveis.

      A colheita começou a 9 de setembro para as castas tintas. As condições de vindima foram ideais, com temperaturas moderadas e geralmente tempo seco. Uma pequena quantidade de chuva a 21/22 de setembro e, mais tarde, entre 14 e 17 de outubro ajudou.
      As produções foram ligeiramente superiores às da nossa média de 10 anos e os mostos apresentaram grande acidez e frescura naturais.

      Terminámos a vindima a 18 de outubro após 6 semanas. Esta foi uma longa colheita, mas isto não é invulgar no Douro, onde a diversidade de castas, orientação e altitudes resulta em diferentes datas de vindima para cada parcela específica. Esta diversidade representa um desafio para a equipa técnica, mas também uma riqueza incrível, conferindo complexidade e caráter aos nossos vinhos da Quinta do Noval.
      As primeiras provas revelaram alguns vinhos maravilhosos. Apresentam uma intensidade aromática pronunciada de frutos vermelhos maduros e uma notável vivacidade. A excelente qualidade dos taninos contribui para vinhos tintos bem estruturados e vinhos do Porto com um potencial de envelhecimento longo.

    • Castas

      A parcela do Nacional está plantada com uma mistura das castas nobres do Douro, maioritariamente Touriga Francesa; Tinto Cão; Touriga Nacional; Sousão e Tinta Roriz.

    • Vinificação

      As uvas foram colocadas num pequeno lagar tradicional da Quinta e a pisa a pé foi realizada por um grupo de 6 homens durante 3 horas. A fermentação ocorreu sob um controlo de temperatura de entre 25º a 28ºC.

    • Envelhecimento

      O Vintage Nacional envelheceu 18 meses em velhos tonéis antes do engarrafamento, nos armazéns climatizados da Quinta, na região Demarcada do Vale do Douro.

    • Temperatura de serviço

      15°C-17°C

    • A origem das uvas

      Todas as uvas provêm da parcela de Nacional na vinha da Quinta do Noval, situada no Pinhão - o coração do Vale do Douro

    • Analíses

      Álcool: 19,5 % vol
      Açúcares totais: 100g/dm3
      Acidez Total: 5.40g/dm3
      Ph: 3,61

Nacional Vintage Port